Proteção animal é tema de reunião

por Assessoria de Comunicação - Texto: Patrícia Lanini — publicado 08/08/2017 23h55, última modificação 09/08/2017 00h09
Debate foi acalorado após vereador publicar em sua rede social indicação que sugere enviar animais do município para o Demlurb de Juiz de Fora e afirmar que tiraria as camas dos cães da rodoviária da cidade.

Em reunião ordinária realizada no último dia 7 de agosto, a Câmara Municipal de Goianá recebeu representantes da proteção animal de Juiz de Fora para debater a situação dos animais de Goianá. A discussão foi incitada após o vereador Serginho dos Dias (PR) publicar em sua rede social o conteúdo da Indicação 098, de sua autoria e do vereador André Ladeira (PSDB), que sugere ao Prefeito Municipal que avalie a possibilidade de parceria com Departamento de Limpezas Urbanas (DEMLURB) de Juiz de Fora, a fim de que os animais soltos nas ruas de Goianá sejam levados para o canil daquela cidade. Além disso, o vereador publicou que retiraria todas as camas que fossem colocadas para os cães na rodoviária do município.

A publicação gerou polêmica e atingiu repercussão, pois foi interpretada como descaso com os animais abandonados. Estimulados pelo tema, se pronunciaram durante a reunião os protetores de animais Diana Herédia, Patrícia Vieira, Carlos José Mechler, além da diretora do Canil Municipal de Juiz de Fora, Mírian Neder, e da estudante de medicina veterinária, Carla Barreto.

Serginho dos Dias (PR) iniciou seu pronunciamento pedindo desculpas a quem tenha se sentido ofendido e se colocou à disposição para receber as ideias dos inscritos para a palavra livre.  

Protetores de animais se pronunciam durante a palavra livre

Diana Herédia falou sobre a importância da conscientização da população para que não deixem os cães na rua, sobre a possibilidade de criação do cão comunitário - ideia implementada por inúmeras cidades do Brasil - além da necessidade de um setor de zoonoses no município.

Em seguida, a diretora do Canil Municipal de Juiz de Fora, Mírian Neder, explicou como é feito o trabalho da instituição e esclareceu que Juiz de Fora não tem possibilidade de absorver as demandas de outros municípios, como supôs a Indicação 098. Além disso, expôs ideias sobre como Goianá pode iniciar trabalhos de conscientização sobre posse responsável, castração e vacinação de animais.

O vereador Paulo Pelinha (PR) questionou o fato de testemunhas terem relatado a desova de cães em Juiz de Fora em um veículo com placa de Goianá. Uma protetora presente na plateia alegou que cuida de cinco dos nove cães abandonados pelo citado veículo.

A protetora e moradora do bairro Shangri-lá, Patrícia Vieira, iniciou sua fala lamentando a ausência do vereador André Ladeira, um dos autores da Indicação 098, e citou o inciso sétimo do Artigo 225 da Constituição Federal, que incumbe ao Poder Público a proteção dos animais.

A estudante de veterinária Carla Barreto falou sobre medidas de imunologia úteis para a prevenção de doenças e sobre como ações simples podem impedir a proliferação de zoonoses.

Por fim, o protetor de Animais Carlos José Mechler enfatizou que animais são sencientes, ou seja, possuem a capacidade de sentir sensações e sentimentos de forma consciente e que submetê-los a situações de frio e omissão também significa maus tratos.

Ao final da palavra livre, os vereadores Paulo Lopes (DEM) e Luís Cláudio (PP) parabenizaram o pronunciamento dos convidados e disseram que o conteúdo exposto serviu de grande aprendizado. O prefeito Estevinho Assis se colocou à disposição para iniciar trabalhos de conscientização e de prevenção de doenças. 

Campanha de conscientização contra cinomose pode virar lei

O presidente da Câmara, Josiel Queiroz (DEM), propôs Projeto de Lei 021, que dispõe sobre campanha anual  de conscientização para vacinação de cães contra a cinomose no município de Goianá. O PL foi encaminhado à Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final para emissão de parecer. 

Da esquerda para a direita, Serginho dos Dias, Diana Herédia, Mírian Neder (cima); Patrícia Vieira, Carla Barreto e Carlos José Mechler (baixo)

error while rendering plone.comments